10 março 2013

Post Especial - Dia da Mulher

Boa noite pessoal!

Para o post de hoje resolvi fazer algo em comemoração ao Dia da Mulher, que foi sexta-feira (dia 8, para quem não se lembra), e montei uma lista com as quatro personagens mais feministas que eu conheço.

Mas antes de coloca-las eu quero esclarecer os critérios que me fizeram escolhe-las: independência de ação e/ou pensamento, firmeza, coragem, inteligência e opinião. Assim sendo, é baseado nesses elementos que escolhi:









Hermione Jean Granger (série Harry Potter): inteligente, com certeza, mas também corajosa, leal e íntegra. Com certeza se não fosse por ela, Harry Potter não teria conseguido reunir as Relíquias da Morte! Na verdade eu acredito que ela sintetiza muito bem várias figuras femininas da saga, mostrando às leitoras que ser menina/mulher é muito mais que simplesmente ser “boazinha”, estudiosa e amiga.




Lisbeth Salander (trilogia Millenium): extremamente sagaz, rápida, corajosa, independente e de forte opinião. Talvez um dos motivos que mais tenha contribuído para escolhê-la seja a atitude “não ligo para sua opinião”. Os preconceitos estão por todo lugar, se você é magra demais, gorda demais, alta demais, se usa piercing, se tem tatuagem, se pinta o cabelo de azul, se não segue a moda, enfim, o importante é saber qual o seu lugar nisso tudo e se isso realmente tem alguma importância porque, caso contrário, isso realmente não faz a menor diferença. É claro que também escolhi a Lisbeth pelo conhecimento em informática e por como ela consegue provar a culpa dos outros e a própria inocência usando apenas um computador...




Elizabeth Bennet (livro Orgulho e Preconceito): inteligente, firme e de muita opinião. Eu não poderia deixar Miss Lizy Bennet de fora, até porque, embora viva no século 19, não se deixou iludir por uma promessa de casamento em troca apenas de dinheiro e conforto, evitando assim casar-se com o palerma vazio e ignorante que era seu primo Mr. Collins.




Coco Chanel: inteligente ao extremo, esperta, firme, independente, corajosa e de muita opinião, é um modelo de mulher que via sempre à frente. Criadora de tendências e grande incentivadora pela liberdade da mulher em se vestir de forma natural e sem excessos, criou mais um jeito de vestir, criou uma maneira de ser e agir, um modelo de mulher moderna e extremamente independente.


É bem claro que não há como numerar o grau de importância delas, mas para mim é bem nítido que cada uma delas é, na verdade, representante de um modelo distinto dentro da classe feminina, embora todas elas preguem simultaneamente a liberdade para pensar o que quiserem, a independência para ser quem quiserem, e a coragem para agirem como quiserem.

Então, fica para todas vocês meu Feliz Dia das Mulheres!

Até o próximo post!

2 comentários:

  1. Ótimo post.

    Adorei o blog. Seguindo!

    Beijos
    http://verbosdiversos.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/verbosdiversos

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post, realmente há várias personagens brilhantes. Parabéns:)
    Beijos
    http://curicultura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo (a) e comente à vontade, mas lembre-se que opinião é algo individual e particular, portanto não deve ser imposta!